APOIO:

APOIO:
EMPRESAS AMIGAS QUE APOIAM O EVENTO DAS PERSONALIDADES DO EUSÉBIO - 2015

TV Eusébio a Tv que é a sua Cara!

quarta-feira, 17 de abril de 2013

SESSÃO POLÊMICA MARCA APROVAÇÃO DA GRATIFICAÇÃO DOS MÉDICOS EM AQUIRAZ E TRÊS MESES SEM MERENDA ESCOLAR

A Câmara Municipal de Aquiraz realizou mais uma sessão ordinária da atual legislatura, nesta terça (16), onde foi discutida e aprovada a gratificação dos profissionais da saúde do município. Logo cedo já se encontravam em plenário vários profissionais da área da saúde, entre médicos, enfermeiros e dentistas.

Devido à paralisação ocorrida no município, prejudicando a população, a bancada situacionista agilizou a proposta de gratificação de 147% sobre os vencimentos vigentes. A mensagem foi colocada em discussão e o líder do prefeito na câmara, vereador Maurício Matos (PSB) afirmou que a proposta não saiu por conta da paralisação e sim pela promessa do prefeito com os profissionais.


A representante dos médicos, Dra. Marli Sartori, argumentou a necessidade de se tomar uma atitude, já que o Plano de Cargos e Carreiras (PCCs) inexiste em Aquiraz. Embora haja alguma evolução com a aprovação da gratificação, Marli reconhece que a medida é apenas um paliativo.

Os vereadores Ney Pires (PSDB) e Ricardsson (PCdoB) foram incisivos nas críticas ao poder executivo municipal, que deixou que os médicos paralisassem os trabalhos, para só então adotar uma providência.

Ricardsson frisou que a conquista só acontece se houver luta e organização por parte das categorias. Ney concordou com o colega e disse que não é da oposição e nem da situação. É um porta voz da população aquirazense. Os discursos arrancaram aplausos da plateia, que incomodaram ao líder do prefeito, Maurício Matos. Ele alegou que não recuaria da sua posição, para receber aplausos e lantejoulas de quem quer que seja e chegou a se exaltar, batendo na bancada com violência.



Ney Pires retrucou as ironias de Maurício e o debate ficou acalourado. A vereadora Neide Queiroz também expôs sua posição, apresentando outras propostas semelhantes de outros gestores municipais, no que diz respeito aos PCCs dos médicos e profissionais da saúde. De forma tranquila e transmitindo muita serenidade, o vereador Ronaldo do PT ponderou sobre a questão e mesmo apoiando a proposta da "situação", também recebeu aplausos por parte dos presentes.

ABSURDO: 115 DIAS SEM MERENDA ESCOLAR

Outra questão polêmica da sessão desta terça (16) foi a análise de um requerimento do vereador Ricardsson (PCdoB), que solicitava que as licitações da merenda escolar, realizadas na atual gestão, fossem encaminhadas para os vereadores de Aquiraz. Segundo o parlamentar, não se admite que até a presente data, as crianças estejam sem a merenda escolar nas escolas do município.
Ney Pires (PSDB) também se acostou ao requerimento de Ricardsson e ampliou a argumentação.


Imediatamente o líder do prefeito, Maurício Matos (PSB), saiu em defesa do prefeito Guimarães, alegando que a atual administração tem apenas 70 dias úteis de trabalho e que não pode atropelar os prazos legais das licitações. Acrescentou ainda que todas as informações referentes às licitações da merenda escolar estão disponíveis no portal da transparência, sendo desnecessário o envio de informações para os vereadores. Os vereadores da base aliada saíram em defesa do prefeito Guimarães e seguiram os argumentos de Maurício.



Eis que o presidente da Casa do Povo, vereador Josimar de Castro (PSD), usando o princípio básico da democracia, colocou  a solicitação do vereador Ricardson em votação: "Aqueles que concordarem que nós devemos receber informações sobre as licitações da merenda escolar aqui na câmara, para verificar os procedimentos e os vencedores, que fiquem sentados." Para o espanto da plateia  e da nossa reportagem, apenas quatro vereadores ficaram sentados: Ney, Ricardsson, Mayara Silva e o próprio Josimar. Os demais ficaram contra a solicitação de cópias das licitações da merenda escolar, chegarem ao parlamento municipal. Votaram contra: Maurício Matos(PSB), Neide Queiróz (PMDB), Nilton dos Pescadores (PSDC), Airton Assunção (PMDB), Vandinho (PSDC), Cláudio Diógenes (PMDB), Ronaldo (PT), Ivete (PTB), Dr. Cláudio (PP), Carlos César (PT) e Rithele (PRB).    

6 comentários:

  1. os que não aceitaram é porque não tem compromisso com a população ,mais isso tudo aconteçe pelo fato do eleitor ter vendido seu voto .então hoje 60% da população esta tendoo governo que mereçe. os vereadores quem não aceitaram com a solicitção do vereador ricardison foram exatamente os que compraram votos ; então mais uma ves estão tendo o governo que mereçem

    ResponderExcluir
  2. Eles estão fazendo a parte deles bem feito, que é só se preocupar com o dinheiro porque o povo ñ é nem 2º plano. O eleitor tem que acordar e aprender a votar e ñ se vender p/ esses aproveitadores. A culpa de tudo isso é sua que votou errado!!!!!

    ResponderExcluir
  3. É impressionante que um vereador do PT se coloque como fantoche de uma prefeitura tão displicente.

    ResponderExcluir
  4. Confirmado São João de Eusebio, Garota Safada, As Coleguinhas,Forró Real,Italo e Reno como sempre, Forró Sacode, e muito mas, em breve toda agenda. Garota Safada foi patrocinio forte não posso falar nomes mas foi um grande empresario.

    ResponderExcluir
  5. dr.paulo cesar feitosa sabemos da sua seriedade a frente da autarquia de meio ambiente por isto e que pedimos sua ajuda aqui no bairro santo antonio um inimigo do sosego aleio resouvel alugar um sitio no meio da comunidade para pratica do som abusivo de paredões onde existe na circulo vizinhaça criaça recenacida idosos e cidadão de bem que não consegue ter sosego endereço rua domingo savio enfrente ao numero 538 responsavel pelo sitio chaguinha

    ResponderExcluir
  6. vereadora cira inveja mata nos temos uma e quipe de pesoas que sobrevive de vender comida nas feirinhas pesoas capacitadas e zelosa voce nos aufendeu sabemos que vocé tem muita inverja do nossso vereador por ele ser competente

    ResponderExcluir