APOIO:

APOIO:
EMPRESAS AMIGAS QUE APOIAM O EVENTO DAS PERSONALIDADES DO EUSÉBIO - 2015

TV Eusébio a Tv que é a sua Cara!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

BOAS NOTÍCIAS E AS ÚLTIMAS DA TV EUSÉBIO

EUSÉBIO SUPERA 25 CAPITAIS BRASILEIRAS EM DESENVOLVIMENTO NA EDUCAÇÃO

O município de Eusébio superou 25 capitais brasileiras com relação ao índice de desenvolvimento nos setor de Educação, segundo o Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) divulgado nesta semana. O Eusébio conquistou um índice de 0,8916, só ficando atrás de São Paulo, com 0,9250. O estudo é realizado anualmente pelo Sistema FIRJAN que acompanha o desenvolvimento de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros em três áreas: Emprego & Renda, Educação e Saúde e é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. Quanto mais próximo do índice 1, maior o desenvolvimento do município.
O desempenho do Eusébio na Educação chega a impressionar e é superior a todos os municípios do Norte e Nordeste do Brasil. Entre as capitais do Norte e Nordeste a que mais se aproxima do índice eusebiense é a cidade de Palmas, Capital de Tocantins, que alcançou o índice de 0,8772 neste quesito.
No Brasil entre as 500 cidades melhores colocadas no segmento educação, 486 são paulistas, nove com nota máxima – 1; 26 gaúchas, 14 catarinenses, 14 capixabas. O Ceará tem só quatro entre as 500 melhores (Eusébio, São Gonçalo do Amarante, Maracanaú e Fortaleza). No Brasil o Eusébio aparece na 186º posição e se aproxima do patamar do Sul e Sudeste. A média do município, de 0,8916, também supera a nacional que é de 0,7692.
Na Região Metropolitana de Fortaleza, a liderança do Eusébio na educação é esmagadora, sendo que as duas cidades que mais se aproximam do município são: São Gonçalo do Amarante, com índice de 0,8080 e Maracanaú, com 0,8042.
O Estudo apresenta ainda a evolução dos municípios nas cinco edições do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM). No ano 2000 o Eusébio apresentava o índice de baixo a regular de 0,5934 e estava na 906ª colocação no País no segmento Educação. Em 2005 quando foi realizada a segunda edição do estudo e no primeiro ano da administração do prefeito Acilon Gonçalves (PSB) o índice chegou a 0,7497, considerado de desenvolvimento moderado ou regular e o município amargava a 1.277ª colocação no País. Os percentuais dos anos posteriores foram os seguintes: 0,7297 (2006), 0,7410 (2007), 0,7574 (2008).
A partir de 2009 quando o município consolidou suas políticas públicas no setor de educação com a implantação do Tempo Integral nas suas escolas o índice deu um salto e o município passou de desenvolvimento moderado para alto desenvolvimento municipal. Os frutos foram colhidos a partir de 2009 com o Eusébio alcançando um índice de 0,8715. Já em 2010 o projeto se consolidou e o município alcançou 0,8916, uma média comparada a de cidades do sul do País.
De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, nos últimos oito anos, em Eusébio, esforços foram concentrados na área educacional seguindo-se a máxima postulada pela Unesco: “Educação como direito humano, e bem público, permite às pessoas exercer os outros direitos humanos. Por essa razão ninguém deve ficar excluído dela.”
Para seguir essa máxima a Prefeitura teve que desenvolver toda uma ação planejada, com objetivos e metas bem claras, com vistas a garantir o acesso à escolarização, adotando a
progressão dos estudantes; a abertura de vagas para alunos de qualquer idade; a redução dos déficits de aprendizagem, da evasão, do analfabetismo e da distorção idade/série. Garantindo assim a inclusão total.
Essa proposta de Política Pública, para a Educação Básica, colocou responsabilidades novas aos docentes e técnicos da rede de escolas municipais, e desafios, para a gestão, por conseguinte a necessidade de melhoria das condições de oferta de ensino, assim como melhoria das condições de trabalho docente.
Os frutos desse trabalho foram aparecendo ao longo dos anos. O índice de aprovação nas escolas municipais foi um deles e representou um avanço significativo, sobretudo no intervalo entre 2007 (86,6%) a 2012 (93,4%). A evasão escolar também teve uma resposta das mais alvissareiras caindo de 2,9% em 2005 para 0,5% em 2011. O mesmo aspecto positivo teve o crescimento da proficiência das Escolas tendo-se , no ensino fundamental referente ao ano de 2009, de 22 escolas com turmas de 2º ano somente três com proficiência acima de 200; em 2010, já foram seis; e em 2011 , dez alcançaram esse patamar.
Quanto aos resultados do Indice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) - 5º ano, 12 entre 25 escolas alcançaram pontuação acima daquela traçada como meta nacional. Tocante às turmas de 9º ano, 11, de 16 escolas superaram a meta projetada pelo Ministério da Educação (MEC) em 2011, tendo 04 delas obtido mais de 5,1 pontos, quando a média almejada em nível nacional é 6,0. No quadro geral o IDEB do Município tem superado as metas projetadas desde 2009, nos seguintes termos: Em 2009 a meta projetada era de 4.1, mas a alcançada foi 4.3. Já em 2011, a projeção foi de 4,4 e a alcançada foi de 4.6. Inclusive na Educação de Jovens e Adultos houve conquistas uma vez que o déficit de analfabetismo teve queda de 10% registrada no último Censo/IBGE.
MELHORIAS
Para a secretária de Educação de Eusébio, professora Marta Cordeiro, é possível creditar-se a melhoria desse indicador, a iniciativas municipais tais como: Programa de Educação Integral em Escolas de Tempo Integral; Projetos Nenhum a Menos, Pais e Filhos, uma Relação de Amor; Fanfarras escolares; Rádios escolares; Clubes do Verde; Recuperação paralela ao desenvolvimento curricular garantia de transporte Escolar para todos, criação dos Departamentos de: Apoio ao Educando – DAE (Assistência individual aos alunos com dificuldade de aprendizagem), de Planejamento – DEPLAN (Assessoria à gestão quanto á execução de programas e projetos técnicos e pedagógicos governamentais), de Suporte Pedagógico itinerante à Docência e à Escola - SPIT, à pedagogia do Amor, como pano de fundo de todas as ações desenvolvidas na gestão, à adoção de um Planejamento Estratégico para cada escola e para cada aluno, por professor, à solidariedade cidadã do professorado, “e além disse podemos citar a dedicação dos dirigentes escolares e a vontade política do Prefeito Acilon Gonçalves que dá seu referendum a tudo que pode provocar a melhoria da qualidade de vida do cidadão eusebiense”, asseverou.
O Prefeito Acilon Gonçalves destaca que no Eusébio foi atingida a meta de cobertura total da matrícula das crianças de 4 e 5 anos na Educação Infantil e da faixa etária dos 6 aos 14 no Ensino Fundamental, desde o ano de 2007. Observa que o município foi pioneiro na
implantação de Rádios Escolares, na adoção da jornada escolar de Tempo Integral, na aplicação da Lei do Piso Salarial do Magistério integralmente, na disponibilização de uma pedagoga à noite para atuar com os filhos das mães/alunas da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na criação do DAE, na instalação de uma equipe itinerante de acompanhamento aos alunos portadores de deficiência física ou intelectual, além de disponibilizar uma Auxiliar de la para cada um deles. Acilon frisa ainda que o Eusébio foi pioneiro na universalização do atendimento às crianças de 4,5 e 6 anos e na garantia de monitores/as no transporte escolar.
“Diante desse reconhecimento nacional que tem como base os dados oficiais do Governo Federal, estamos cientes que trilhamos o caminho correto ao elegermos a educação como prioridade de nossa administração. Pois é através da educação que o acontece o verdadeiro desenvolvimento social de um povo, de uma cidade, de um país”, finaliza Acilon Gonçalves.

SETOR DE SAÚDE DO EUSÉBIO TEM INDICE DE DESENVOILVIMENTO SUPERIOR A DE TODAS CAPITAIS DO NORTE E NORDESTE

No segmento da Saúde o Eusébio alcançou um índice de alto desenvolvimento municipal no estudo anual realizado pela Firjan com seu Índice de Desenvolvimento Municipal (IFDM), alcançando 0,8350 que é superior ao de todas capitais do Norte e Nordeste do Brasil. É notório o crescimento do município nos oito anos da atual administração. Em 2005, no primeiro ano de gestão do prefeito Acilon Gonçalves o Eusébio tinha um índice no setor de 0.6372, considerado de desenvolvimento regular. Já no fim do primeiro mandato, o Eusébio alcançou 0,8046, considerado alto desenvolvimento municipal.
Só para se ter uma ideia da conquista do Eusébio, as quatro maiores capitais das duas regiões (Norte e Nordeste) têm índices de saúde bem abaixo do eusebiense. Recife aparece melhor colocada com 0,8268, seguida de Belém 0,7849, Salvador com 0,7750 e Fortaleza 0,7577. Entre as demais capitais duas se aproximam do índice eusebiense: João Pessoa (PB) com 0,8305 e Palmas (TO) com 0,8268.
No seu primeiro mandato 2005-2008, o prefeito Acilon Gonçalves, que é médico, diz que assumiu como prioridade reforçar o atendimento básico de saúde no município, e para tanto teve que reformar e melhorar as Unidades Básicas de Saúde existentes e construir outras em bairros populosos que ainda não tinham serviços de saúde. Foi assim, que o Autódromo, Parque Havaí, Amador e Cararu, Tamatanduba e Jabuti 19 ganharam postos de saúde modernos e bem equipados para garantir conforto e atendimento de qualidade para a população.
Além de construir e reformar os postos de saúde, Acilon aumentou de 9 para 16 o número de Equipes de Saúde da Família; aumentou de 7 para 13 as Equipes de Saúde Bucal e criou dois Núcleos de Apoio ao PSF com fisioterapeutas, educador físico, psicólogos, fonoaudiólogos, assistente social atuando conjuntamente nos postos de saúde.
Destaca que quis avançar ainda mais e levou para os postos de saúde exames de laboratório, exames de ultrassonografia e proporcionou capacitação dos servidores para melhorar as ações e os programas de pré-natal, hipertensão e diabetes, prevenção de câncer colo de útero e de mama, imunização e aumentou de 40 para 64 o número de Agentes Comunitários de Saúde.
“A Saúde é um direito do povo e dever do Estado. Está lá, no artigo 196 da Constituição do Brasil. Nós, como gestores públicos, temos o dever e a ousadia de cumprir e fazer cumprir a Lei. Ao assumir a Prefeitura de Eusébio em 2005 nosso planejamento já previa uma ação forte na área social. Como médico e militante dessa causa, vi a necessidade de não só ampliar o sistema de saúde, mas aproximar os serviços do povo e o povo dos serviços. Nossa rede básica, os chamados postos de saúde, foram os primeiros a receber melhorias. Realizamos reformas visando recuperar e ampliar os postos de saúde existentes e paralelamente procuramos criar as condições para garantir a construção de outros postos de saúde para levar o atendimento a locais onde há muito tempo a população reclamava por atendimento, “ ressalta Acilon.
Segundo ele, os postos de saúde são mais que simples locais de atendimento médico, odontológico e de enfermagem. Neles, o cidadão pode receber medicamentos, vacinas,
aerossol, fazer pequenas cirurgias, prevenção de câncer, tratar hipertensão tratar diabetes, fazer exames de laboratório, ultrassonografias, com rapidez e padrão de qualidade dos melhores serviços privados.
Destaca ainda a criação de uma rede especializada com Centro de Especialidade Odontológicas levando a saúde bucal a todos; o Centro de Atendimento Psicossocial que trabalha para atender os nossos cidadãos com transtornos mentais e a Policlínica que conta atualmente com 12 Especialidades Médicas. E que agora o município estará recebendo uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para ampliar a rede de assistência a Saúde da população. Diz que por ser referência o Eusébio foi escolhido para ser sede da Clínica de Diálise e do Sistema de Atendimento de Urgência (SAMU) que atende toda região leste do Estado.
“Esse sistema não existia em nossa cidade. O nosso povo tinha que se deslocar até Fortaleza para tratar dos dentes, ter atendimento com um otorrino, por exemplo, ou para tratar de nossos irmãos com transtornos mentais”, comenta.
O prefeito observa que conta com o apoio da população para manter o serviço sem interrupções e para tanto criou a Ouvidoria na Saúde e estimula de forma permanente participação do Conselho Municipal de Saúde na formulação e fiscalização dos serviços de saúde de Eusébio.
“Muito já foi realizado e sabemos que há ainda muito a realizar neste setor. Mas creio que diante desse avanço que conquistamos, saindo de um patamar baixo desenvolvimento para de alto desenvolvimento no setor, é uma demonstração de que caminhamos célere para um serviço de excelência em nossa cidade na área de saúde” finalizou.

* SESSÃO NA CÂMARA MARCADA POR PROTESTO DO SINDEUS

A presidente do Sindicato dos servidores públicos de Eusébio (SINDEUS), Mima, fez pronunciamento no plenário da Cãmara Municipal de Eusébio, em defesa dos servidores "contratados" demitidos recentemente pela prefeitura. Mima apelou de forma veemente para que os vereadores se posicionassem diante dos fatos. "Muitos servidores tiveram horas-extras cortadas, gratificações e benefícios retirados dos seus vencimentos. Isso acabou com o final do ano para essas pessoas." concluiu. Ao final de sua fala, Mima arrancou aplausos da platéia, que acompanhou silente o testemunho da sindicalista.
 
* MENSAGENS NATALINAS - É hora de agradecer aos seus amigos, eleitores e clientes. A TV Eusébio, em parceria com o Jornal Cidade Luz, abriu um lote promocional de publicidades natalinas para políticos, empresas e pessoas que desejem fazer um agradecimento ou publicação durante este período natalino. Trata-se de espaço com foto da pessoa ou da empresa, com mensagem de "boas festas", com publicação no Jornal Cidade Luz e na TV Eusébio, por apenas R$ 300,00(Trezentos Reais) até 31 de dezembro. A edição do jornal será festiva, com tiragem de 5.000 exemplares e em cores, enquanto que na TV Eusébio, a publicação ficará até o final do ano corrente. Maiores informações com Alano Maia - 8701.103 ou Fabíola Alencar - 9624.0123. Vagas e espaços limitados. Ligue e garanta o seu espaço. 
  

2 comentários:

  1. ESSA SITUAÇÃO DOS CONTRATADOS NUNCA ACONTECEU EM GESTÕES ANTERIORES, FOI UM BAQUE PARA ESSES FUNCIONARIOS QUE ACREDITARAM NO PREFEITO ATUAL E DERAM UM VOTO DE CONFIANÇA PARA SEU SUCESSOR.

    ResponderExcluir
  2. Quem é o sucessor de acilon gonçalves,a população precisa saber,será paulo cesar feitosa ou aquele rapaz lá de Brasilia. precisamos de um prefeito para os proximos 4 anos, um prefeito presente atuante e trabalhador.

    ResponderExcluir