APOIO:

APOIO:
EMPRESAS AMIGAS QUE APOIAM O EVENTO DAS PERSONALIDADES DO EUSÉBIO - 2015

TV Eusébio a Tv que é a sua Cara!

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

AS ÚLTIMAS DA TV EUSÉBIO...

1) CONVITE AOS MORADORES DE EUSÉBIO:

NOVO POSTO DA TAMATANDUBA SERÁ
INAUGURADO NESTA SEGUNDA-FEIRA
A Prefeitura de Eusébio inaugura nesta segunda-feira, dia 10, às 17 horas, o novo Posto de Saúde da Tamatanduba, com a presença do prefeito Acilon Gonçalves (PSB), do secretário de Saúde do Município, Mário Lúcio Ramalho, representantes do Governo do Estado e demais autoridades. O novo equipamento é uma reivindicação antiga da comunidade, já que o posto existente era pequeno e não mais tinha condições para atender a crescente demanda da comunidade.
O Posto da Tamatanduba conta com modernos equipamentos para a realização de pequenas cirurgias, gabinete odontológico, sala de espera, consultórios, copa, recepção, sala de curativos, aerossol e atendimentos básicos, além de profissionais capacitados para atender a demanda da população. No posto, a comunidade poderá realizar ainda prevenção do câncer, da hipertensão, pré-natal e realizar exames laboratoriais e ultrassonografia.
O prefeito Acilon Gonçalves destaca que a nova unidade de saúde contará com uma equipe completa para que o posto funcione diariamente e além do atendimento curativo realizará, com apoio dos agentes de saúde, o atendimento preventivo e de promoção da saúde de toda a comunidade.
INAUGURAÇÃO DO POSTO DE SAÚDE DA TAMATANDUBA
DIA 10 DE SETEMBRO
17 HORAS
RUA ELVIRA LOPES CAMPINA (POR TRÁS DO GINÁSIO COBERTO)
TAMATANDUBA - EUSÉBIO

2) LAMENTÁVEL- Um fato lamentável e repudiante aconteceu na noite da última sexta-feira na cidade de Eusébio, quando 03 jovens foram atingidos por disparos de pistola, retornando de um comício realizado no bairro Cararu. Embora a polícia já esteja investigando o caso, as informações dão conta de que os disparos partiram de um carro preto, atingindo parentes do presidente da câmara municipal de Eusébio, vereador Goga, candidato à reeleição. Os rapazes retornavam do evento, em um carro de som (paredão) dirigido pelo presidente do PPL, Diéxon, filho de Goga. Cerca de 20 tiros foram disparados e 03 pessoas atingidas e socorridas por amigos e parentes. Não se sabem as razões para que este episódio triste ocorresse e deixasse os "militantes e ativistas" aterrorizados.

3) DO FACEBOOK:


Paulo Cesar Feitosa Arrais10 de Setembro de 2012 07:38
AVANTE 40!! A CIDADE de EUSEBIO TEM OS MELHORES INDICADORES SOCIAIS ENTRE AS CIDADES DO INTERIOR E REGIAO METROPOLITANA!

3.1 - Indicadores de Desenvolvimento
Na seção referente aos indicadores de desenvolvimento, foram eleitos para análise o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M), o Índice de Desenvolvimento Municipal (IDM) e os Índices de Desenvolvimento Social de Ofertas (IDS-O) e de Resultado (IDS-R).

O IDH-M é um índice elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com a Fundação João Pinheiro (FJPF) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). O IDH-M foi inspirado no índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o qual foi construído originalmente para medir o desenvolvimento humano dos países a partir de indicadores de educação (alfabetização e taxa de matrícula), longevidade (esperança de vida ao nascer) e renda (PIB per capita). Para aferir o nível de desenvolvimento humano de municípios as dimensões são as mesmas, entretanto alguns dos indicadores usados são diferentes, dado que os mesmos são mais apropriados para analisar as condições de núcleos sociais menores, embora meçam os mesmos fenômenos.

Para a avaliação da dimensão educação, o cálculo do IDH-M considera dois indicadores: taxa de alfabetização de pessoas acima de 15 anos de idade e a taxa bruta de frequência à escola. Na avaliação da dimensão longevidade, o IDH-M considera o mesmo indicador do IDH de países: a esperança de vida ao nascer. Já em relação à dimensão renda, o indicador utilizado é a renda municipal per capita. Uma vez selecionados os indicadores, são calculados os índices específicos de cada uma das três dimensões analisadas: IDHM-E, para educação; IDHM-L, para longevidade; IDHM-R, para renda. O IDH-M de cada município é fruto da média aritmética simples desses três sub-índices, sendo que o mesmo varia de 0 (nenhum desenvolvimento humano) a 1 (desenvolvimento humano total).

Municípios com IDH-M até 0,499 têm desenvolvimento humano classificado como baixo; os municípios com índices entre 0,500 e 0,799 são considerados de médio desenvolvimento humano; municípios com IDH-M maior que 0,800 têm desenvolvimento humano classificado como alto.
Foram mapeados o IDH-M (e seus sub-índices) dos municípios cearenses referentes aos anos de 1991 e 2000, permitindo-se fazer uma comparação temporal dos municípios que obtiveram ou não melhoras no que tange ao desenvolvimento humano neste período. Para o ano de 1991, tinha-se um total de 80 municípios classificados com tendo baixo desenvolvimento humano e 180 com médio desenvolvimento humano. No ano 2000, todos os 184 municípios cearenses foram classificados na faixa de médio desenvolvimento humano. Ainda para o ano 2000, os municípios que conseguiram os maiores índices foram Fortaleza (0,7860), Maracanaú (0,7360), Caucaia (0,7210), Pacatuba (0,7170) e Crato (0,7160). Em contrapartida, os municípios de Saboeiro (0,5600), Salitre (0,5580), Croata (0,5570), Granja (0,5540) e Barroquinha (0,5510) obtiveram os menores índices.
Em relação aos Índices de Desenvolvimento Municipal (IDM), Índice Social de Oferta (IDS-O) e Índice Social de Resultado (IDS-R), os mesmos foram elaborados pelo IPECE, como resultado de uma das funções de sua missão institucional, gerando informações socioeconômicas sobre o Estado do Ceará.

Quanto ao IDM, este é composto por um conjunto de 30 indicadores subdivididos em quatro grupos: Fisiográficos, fundiários e agrícolas; Demográficos e econômicos; De infra-estrutura de apoio; e Sociais. A partir da seleção dos indicadores, foi construído um índice consolidado de desenvolvimento para cada município, bem como um outro para cada um dos quatro grupos citados, consentindo-se fazer uma mensuração dos níveis de desenvolvimento alcançados pelos municípios do Ceará.

O IDM, e seus sub-índices, referente aos anos de 2006 e 2008 foram mapeados para os 184 municípios cearenses, possibilitando ter-se uma visão da distribuição espacial dos municípios em melhores e piores condições quanto a este indicador. Os municípios de Fortaleza (85,41), EUSEBIO (64,86), Sobral (60,56), Maracanaú (58,70) e Horizonte (56,57) apresentaram os melhores índices, enquanto que Alcântaras (13,37), Choró (16,58), Tarrafas (11,50), Ibaretama (10,13) e Aiuaba (8,97) obtiveram o pior desempenho no ano de 2008.

O Índice de Desenvolvimento Social (IDS) mede a inclusão social através de um indicador síntese que reflete os resultados obtidos em cada município (IDS-R), e um outro que afere o nível de oferta de serviços públicos na área social (IDS-O). Desta forma, o IDS possui uma dimensão de resultado, que procura identificar os objetivos finais que se chega em termos de inclusão, e a dimensão de oferta que define os meios (instrumentos) empregados pelo governo para alcançar tais objetivos. Essa separação torna-se importante devido o governo só possuir controle sobre a oferta de serviços públicos, embora as prioridades sejam os resultados.

Tanto o IDS-O quanto o IDS-R são subdivididos quatro grupos, a saber: Educação; Saúde; Condições de moradia; Emprego e renda. O valor dos índices varia de 0 a 1 possuindo a seguinte classificação: 0,000 a 0,2999 (ruim); 0,3000 a 0,4999 (regular); 0,5000 a 0,6999 (bom); 0,7000 a 1,0000 (ótimo). Desta forma, através do estudo de indicadores referentes a estas dimensões é, então, possível determinar quais delas e que municípios devem ser priorizados na alocação dos recursos públicos e, também, avaliar se as metas gerais e específicas de inclusão social estão sendo cumpridas.
O IDS-O e o IDS-R para o ano de 2008, e seus sub-índices, foram mapeados segundo a classificação proposta, permitindo-se visualizar os municípios, e o agrupamento de municípios que possuem índices similares, em melhores e piores condições quanto a estes indicadores.

Em relação ao IDS-O, os municípios com melhor desempenho em 2008 foram Brejo Santo (0,5606), Pacoti (0,5600), Barbalha (0,5451), Sobral (0,5420) e Paraipaba (0,5101). Já os de menor desempenho foram Itatira (0,2928), Caridade (0,2912), Salitre (0,2906), Ibaretama (0,2761) e Granja (0,2087). Quanto ao IDS-R, os municípios de Brejo Santo (0,6446), Sobral (0,5933), Fortaleza (0,5724), Jucás (0,5524) e Itapipoca (0,5475) obtiveram os maiores índices, enquanto que os municípios de Ipaumirim (0,2780), Salitre (0,2765), Potiretama (0,2758), Potengi (0,2460) e Tarrafas (0,2440) detiveram os menores índices.
 
4) PROTESTO PELA PAZ
Moradores de Eusébio, amigos e parentes dos rapazes que foram baleados no Eusébio na última sexta-feira(07) realizaram um protesto pela paz em frente à delegacia metropolitana de Eusébio. Dezenas de pessoas participaram do movimento, que contou com a cobertura de vários veículos de comunicação. O protesto contou com a participação de vários candidatos a vereador da coligação que apóia Edson Sá para prefeito, inclusive ele mesmo integrou a manifestação.
 

2 comentários:

  1. onde e que vamos parar com essa violencia no Eusebio? Mortes acontecem ha muito tempo no Eusebio e ninhuem faz nada e ai senhor prefeito faça alguma coisa ou mais inocentes vao morrer.

    ResponderExcluir
  2. Não se pode acusar ninguém sem provas,mas sabemos que isso foi um ato covarde politico pois já havia ameaças sendo feita por telefone.Queremos Segurança para todas as pessoas que participam dos comicios seje qual lado for!queremos providências apenas isso! Vamos ganhar a eleição por um trabalho bonito e digno para o povo do Eusébio. Por favor não queiram atacar pois pra gente chega! Não vamos revidar apenas queremos o BEM PARA TODOS NÓS!

    ResponderExcluir