APOIO:

APOIO:
EMPRESAS AMIGAS QUE APOIAM O EVENTO DAS PERSONALIDADES DO EUSÉBIO - 2015

TV Eusébio a Tv que é a sua Cara!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

SITUAÇÃO DA GREVE DA PM NA BAHIA É SEMELHANTE AO QUE OCORREU POR AQUI

Manifestantes entram em confronto com policiais na Assembleia na Bahia

Grupo apoia greve de parte da Polícia Militar no estado.
Homens do Exército e agentes do COT fazem policiamento.

Manifestantes entram em conflito com policiais na Assembleia na Bahia (Foto: Reprodução/ TVBA)
Manifestantes entram em conflito com policiais na
Assembleia na Bahia (Foto: Reprodução/ TVBA)
Um grupo de manifestantes que apoia os policiais militares em greve que se concentram na Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador, entrou em confronto com homens do Exército e policiais que cercam o local na manhã desta segunda-feira (6).
Desde o início do dia, cerca de 600 homens do Exército, além de 40 agentes do Comando de Operações Táticas (COT) isolam a área na tentativa de garantir a livre circulação e o funcionamento do Centro Administrativo da Bahia (CAB). O isolamento da área também visa facilitar o cumprimento pela Polícia Federal de 11 mandados de prisão contra integrantes do movimento grevista.
bahia greve (Foto: Raul Spinassé/Agência A Tarde/AE)Manifestante atingido por balada de borracha nas imediações da Assembleia (Foto: Raul Spinassé/Agência A Tarde/AE)
A presença dos manifestantes no local gerou conflito com os homens que fazem o policiamento na região. Tiros de borracha chegaram a ser disparados contra o grupo, que avançou na direção dos soldados.
Os manifestantes passaram a se posicionar em frente ao jardim da Assembleia e a cantar em protesto contra o policiamento.
Segundo o coronel tenente-coronel Cunha, responsável pela área de Comunicação do Exército, o cerco é para permitir também que funcionários da Assembleia possam entrar no local e garantir a segurança de uma equipe que negocia com os grevistas a pacífica desocupação do prédio. Estão na região da Assembleia conversando com os manifestantes o secretário da Segurança do estado, Maurício Barbosa, o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro, e o general G.Dias, comandante das forças de segurança na Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário